9 de ago de 2007

"A redação enquanto casa"

Tem de tudo. Máquina de lavar centrifugando justo na hora da entrevista importante, brinquedo de apertar em cima do teclado, cadela presa na varanda para não latir durante telefonema para a assessoria, filha perguntando "mas mãe me explica de novo o que é isso aí que você tá escrevendo". Mas tô pegando o jeito.
Fecho a porta do escritório e o mundo tá todinho aqui, com meus livros, meus textos preferidos, minhas músicas, meus cheiros, minhas idéias. Daí percebo uma coisa, falta a bagunça, a tiração de sarro, uma saudade das boas tiradas... então vou matar ela aqui, tá. Escrevam minha gente, escrevam!

1 de ago de 2007

Definição pouco comum

Jéssica ao desligar o telefone após uma longa entrevista:

"Nossa, o Mussum Mocó desceu a boca, eu digitei que nem um animal no cio"

Espero que eu nunca me sinta assim após uma entrevista.